Entre em contato:85 9.9701-6771  

Nuvens negras no horizonte – O que o CEO deve fazer?

Por Eliana Dutra*

Em tempos de incerteza econômica, muitos investidores e empresas se preparam para enfrentar a nova onda da crise brasileira. Segundo a FGV, o indicador do clima econômico (ICE) no país atingiu o nível mais baixo desde janeiro de 1999, ficando a frente apenas da Venezuela, de acordo com o estudo Sondagem Econômica da América Latina.

Somado à perda de credibilidade na política governamental está ainda a carência de mão de obra qualificada e a falta de competitividade internacional. Enfim, nuvens negras apontam no horizonte. E quais ações os CEOs devem tomar? A melhor opção é segurar as rédeas dos negócios e esperar a turbulência passar?

A inércia e a omissão não levam a lugar nenhum, pois as empresas são dinâmicas por natureza. O melhor é sempre realizar um movimento, mesmo que envolva riscos, do que ficar esperando outros concorrentes se posicionarem. Logo, é importante que o CEO não fique preso apenas às fórmulas que deram certo no passado, mas consiga adaptar suas estratégias para a nova realidade, além de desenvolver sua capacidade de acompanhar mudanças.

Nessa hora, em que muitos se sentem inseguros e com suas capacidades decisórias abaladas, o coaching pode ser um aliado, já que leva os presidentes a refletirem sobre suas habilidades e quais ações são adequadas para cada tipo de situação. Além, de auxiliá-los na tomada de decisão que é necessária para o mapeamento de cenários e desenvolvimento de planos de ação. E, para que isso se torne uma realidade, o CEO deve preparar sua equipe investindo no relacionamento transparente, na divisão das responsabilidades e na capacitação de seus membros, já que são justamente eles que, geram resultados e trazem novos contratos.

É responsabilidade do presidente estar atento às mudanças e desenvolver a capacidade de antecipar eventos e mudanças com resiliência e mobilizar internamente as equipes para implantação de iniciativas que superem as dificuldades. Então, é só arregaçar as mangas e elaborar soluções para a crise ou ver a banda passar.

(Fonte: ABRH-Nacional)

 

 

 

 

*Eliana Dutra é coach e diretora da Pro-Fit

 

11 de setembro de 2008

0 responses on "Nuvens negras no horizonte – O que o CEO deve fazer?"

    Deixe sua mensagem

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Sobre a ABRH-CE

    Entidade não governamental sem fins lucrativos, atuando com um corpo de profissionais voluntários na sua gestão, a ABRH-Brasil nasceu da união de profissionais envolvidos com a causa de promover a área de Recursos Humanos como agente de transformação...

    Saiba mais...

    Publicidade

    Patrocinadores

    © 2018 ABRH-Ceará - Associação Brasileira de Recursos Humanos
    Pular para a barra de ferramentas